Menina de 8 anos é estuprada pelo irmão de 17

Vizinho do estuprador ouve choro da menina e fotografa estupro.

Adolescente Estupra Irmã de 8 anos

Adolescente de 17 anos estupra a própria irmã, uma criança de 8 anos.

O policial militar da reserva que estava ouvindo gemidos de sofrimento da criança decidiu ver o que estava ocorrendo. Ao olhar por cima do muro de sua residência, ele flagrou a menina sendo estuprada pelo próprio irmão dela. O PM fotografou o ato criminoso em andamento e acionou a polícia. O crime de estupro de vulnerável ocorreu na Avenida Tenente Amaral, no bairro do Zerão, Zona Sul de Macapá, por volta das 9h deste domingo, 25/12/2016. O acusado de estupro tem 17 anos e a vítima apenas 8 anos. Os dois são irmãos de pais diferentes. “A família diz que foi a primeira vez que aconteceu isso, mas populares afirmam que pode ter ocorrido outras vezes. Se não fosse a população poderia ter ocorrido um mal maior”, comentou o tenente Kaio, do BRPM (Batalhão de Rádio Patrulhamento Motorizado).

Adolescente de 17 anos estupra crianca de 8

Adolescente de 17 anos estupra a irmã de 8 anos. Eles são irmãos por parte de pai.

Os pais haviam saído de madrugada para visitar parentes, e ainda não haviam retornado. “Como era Natal, nós saímos e pedimos pra avó tomar conta dos netos. Quero justiça”, disse o pai da vítima, a menina de 8 anos, e padrasto do acusado de estupro ao chegar na Deiai (Delegacia Especializada em Atos Infracionais), para onde o adolescente acusado de abuso sexual foi levado.

Rapaz de 17 anos cometeu estupro de vulneravel contra irmã

Rapaz de 17 anos cometeu estupro de vulneravel contra irmã de 8 anos.

Vizinhos ficaram revoltados com o estupro da criança pelo irmão, e um deles teria sido ameaçado pelo adolescente abusador durante a apreensão. “Um policial da reserva, por cima do muro dele viu a situação e chamou os vizinhos. A menina estava chorando. Ele ainda ameaçou a gente, dizendo que me conhece. Mas ele tem que pagar. Está errado”, disse indignado um vizinho.

O adolescente acusado foi apreendido pela PM por estupro de vulnerável. As fotos do crime hediondo foram repassadas para a equipe do BRPM e depois para a PC (Polícia Civil). Na foto é possível ver o adolescente violentador deitado com a criança vítima em cima de folhas de bananeira colocadas no chão. A criança tem uma expressão de pânico.

Fonte:selesnafes.com/2016/12/vizinho-ouve-choro-e-fotografa-estupro/

Adolescente de 15 anos estupra criança de 3 anos em Teófilo Otoni

Uma criança de três anos é estuprada por vizinho adolescente em Teófilo Otoni.

Um adolescente de 15 anos foi apreendido na tarde dessa segunda-feira (12/10/2015), suspeito de estuprar uma menina de apenas três anos de idade, no Bairro Manoel Pimenta, em Teófilo Otoni, no Vale do Mucuri. A PM (Polícia Militar) foi acionada por volta das 13:20 para registro da ocorrência de estupro de vulnerável na Rua João Lopes da Silva.

Conforme a PM, a mãe da vítima estuprada relatou que, ao procurar pela filha, percebeu que a criança estuprada se encontrava na casa da sua vizinha. Ao chamar pelo nome da criança, foi atendida pelo adolescente pedófilo estuprador, que estava acompanhado da vítima violentada. Ainda de acordo com a PM, a denunciante disse que a criança estuprada estava bastante agitada e sem a calcinha. A menina estuprada contou para mãe que o adolescente estuprador teria retirado a sua roupa. O adolescente abusador teria confirmado que retirou a calcinha da menina, colocou-a no colo e tentou consumar a conjunção carnal, mas interrompeu o ato ao ser chamado pela mãe da criança estuprada. Diante dos fatos, o menor de idade pedófilo estuprador foi detido e encaminhado para a DPC (Delegacia de Polícia Civil) acompanhado pelo seu genitor. A criança estuprada foi levada para o Hospital Santa Rosália, onde foi examinada superficialmente por uma médica de plantão, que solicitou avaliação de um médico legista.

Adolescente de 12 anos estupra criança de 5 em Cocal PI

Adolescente de doze anos estupra criança de apenas cinco anos na cidade Cocal no Piauí.
O caso de estupro de vulnerável foi registrados no domingo (04/10/2015) na cidade de Cocal, a 268 km de Teresina, capital do Piauí. Segundo o chefe de investigação, Walter Bruce, da Polícia Civil, a vítima de estupro é uma menina de apenas cinco anos de idade. A vítima foi estuprada pelo primo, um adolescente pedófilo de 12 anos.
De acordo com Walter Bruce, os pais do garoto pedófilo entraram em contato com a delegada e o apresentaram na manhã desta segunda-feira (05/10/2015) no Distrito Policial de Cocal. Em depoimento, o menino estuprador primeiramente negou o estupro de vulnerável e depois confessou ter abusado sexualmente da prima durante uma brincadeira.
A vítima do estupro sofreu o abuso sexual do primo de 12 anos.”No caso da criança de 5 anos, eu recebi a ligação da mãe da menina relatando do abuso pelo primo de 12 anos e que a criança estuprada estava internada com sangramento nas genitálias. Ao chegar ao hospital, os médicos confirmaram o estupro e iniciamos diligências para apreender o suspeito que fugiu. O caso aconteceu na casa da vítima no Povoado Gameleira, zona rural de Cocal”, relatou.
“Por entender que o menor pedófilo não fez por maldade, a delegada registrou apenas um boletim de circunstanciado. O garoto estuprador deve responder por estupro consumado”, explicou.

Adolescente de 12 anos estupra e tenta matar menina de 7 enforcada com barbante

Adolescente de doze anos estupra menina de sete e tenta assassiná-la com um pedaço de barbante.

O estupro e a tentativa de homicídio aconteceram na cidade de Santa Inês no Maranhão na tarde de quarta-feira (09/09/2015), o adolescente, que estuda na mesma escola que a criança, a atraiu para uma construção abandonada que fica a 300 metros da casa da vítima, com a promessa de dar a ela uma corrente nova de bicicleta, chegando lá, ignorando os vizinhos, ele estuprou a menina de sete anos e em seguida tentou enforca-la com um barbante até desmaiar, segundo a delegada da mulher Joselma Almada, após a vítima desmaiar, ele ainda desferiu socos no rosto dela para se certificar de seu óbito, sem reação por parte da vítima estuprada, o adolescente estuprador homicida abandonou o local, horas depois a vítima de estupro acordou e foi para casa, onde foi socorrida por uma tia sua.

Adolescente estupra menina em Santa Ines

Adolescente estupra menina em Santa Inês

“Por volta de 3:00h da tarde, a menina estuprada chegou a casa toda machucada, com o rosto ralado, uma pinta de sangue no olho, ela não falava nada, só gemia, perguntei se ela tinha caído e ela disse que não”, disse a tia da vítima violentada, que em seguida a levou para o hospital, e lá, através do exame de corpo de delito foi constatado o estupro.

O adolescente pedófilo estuprador foi apreendido e será transferido para uma casa de internação de menores onde poderá ficar internado pelo prazo máximo de três anos estabelecido pela lei brasileira, por um crime que qualquer maior de idade pegaria pena máxima. Apesar da pouca idade, o pedófilo estuprador surpreendeu até mesmo a experiente delegada da mulher Joselma Almada, “A gente achou muito estranho o comportamento dele, um comportamento frio, relatando exatamente o que aconteceu, não esboçou nenhuma tristeza ou culpa, não chorou não transpareceu nenhum atendimento” relatou a delegada.

Fonte: “Caso de estupro choca população de Santa Inês (MA)” http://globotv.globo.com/tv-mirante/bom-dia-mirante/v/caso-de-estupro-choca-populacao-de-santa-ines-ma/4459094/

Adolescentes estupram crianças de 5 e 7 anos.

Três adolescentes estupram duas meninas, uma de sete e outra de cinco anos dentro de ônibus escolar em Formoso do Araguaia, no Tocantins. Elas foram beijadas, molestadas e penetradas pelos adolescentes pedófilos.
Uma adolescente de 11 anos foi encarregada de levar as duas crianças para o fundo do veículo, onde ocorreram os abusos sexuais.
O estupro de vulneráveis coletivo teria acontecido no mês de junho, mas somente agora a avó da vítima de 7 anos procurou a polícia. Mesmo com o atraso na denúncia, o laudo do exame de corpo delito comprovou o estupro. A avó poderá ser intimada por negligência. De acordo com a delegada que está à frente do caso, Aurea Batista Ferreira, foi pedido ao MP (Ministério Público) na última sexta-feira (21/08/2015) a apreensão desses jovens pedófilos estupradores, porém o órgão ainda não proferiu a decisão.
Os estupradores foram reconhecidos por testemunhas e uma delas teria ouvido o grupo adolescentes abusadores ameaçar dizendo que caso alguma coisa acontecesse, eles iriam atrás, como vingança, dos dois estudantes que fizeram o reconhecimento e também do motorista que conduzia o ônibus na hora dos estupros de vulneráveis. O motorista afirmou à polícia que não falou nada sobre o caso por ter sido ameaçado. Uma testemunha confirmou as ameaças. Mesmo assim, a Prefeitura de Formoso do Araguaia, dona do ônibus, afastou o motorista e colocou um cuidador para acompanhar os alunos no ônibus escolar. Segundo a delegada, os adolescentes estupradores teriam ameaçado também a mãe da vítima molestada de cinco anos. A família da menina estuprada de 7 anos se mudou para o Estado de Goiás. Já a família da criança estuprada de 5 anos continua na cidade, mas a leva para a escola pessoalmente. Os adolescentes pedófilos estupradores continuam frequentando as aulas e usando o transporte escolar. Nenhum deles tinha passagem pela polícia, mas apresentavam comportamento problemático. O trajeto do veículo escolar consiste em levar os estudantes moradores do assentamento Pirarucu para a unidade escolar.
Uma parente de uma das vítimas de estupro de vulnerável contou o drama e a sequela que precisará ser tratada. “Ela vai ter acompanhamento de psicólogo. Eu quero apenas que eles sejam punidos pelo que fizeram”, comentou.

Criança de 5 anos de idade é estuprada por adolescente

Menor estupra e agride criança de cinco anos no povoado de Conquista

Simao-estrada

O acontecimento que comoveu o pequeno povoado do Simão na zona rural conquistense ocorreu por volta das 17 horas de sábado (24/01/2015), e deixou toda a população muito revoltada e horrorizada com a gravidade do estupro.

Uma criança de apenas cinco anos de idade, foi violentada sexualmenteespancada por um adolescente de dezessete anos, identificado como JSP. Testemunhas contam que o menor adolescente se trancou na sua residência após atrair a criança que brincava na porta da vizinhança. Na sala da casa, um lastro de sangue manchava o forro do sofá, as vestes da menininha que foi arrancada violentamente, e uma cueca do estuprador que estava jogada na sala. Uma testemunha que flagrou o estupro de vulnerável, conta que ao entrar na casa visualizou o pedófilo estuprador rapidamente se envolver em um lençol e a criancinha sangrando bastante implorava por ajuda chorando.

menor estuprador

Moradores da localidade se reuniram, e revoltados tentavam linchar o menor pedófilo estuprador. Familiares trancaram o adolescente pedófilo em um quartinho que fica nos fundos da cena do ‘ato infracional’ (crime).

casa onde adolescente pedófilo estuprador ficou escondido do povo

A PM (Polícia Militar) rapidamente foi direcionada pelo CICOM (Centro Integrado de Comunicação). Chegando ao local, os policiais se depararam com a mãe da menina estuprada, em prantos, revoltada e muito nervosa. A criança estava em estado de choque com hematomas pela face e arranhões pelo corpo.

Os policiais da 78ª CIPM conseguiram efetuar a apreensão do menor infrator, que foi conduzido incólume até o Disep (Distrito Integrado de Segurança Pública). A vítima de estupro passou pelo exame de corpo de delito e foi encaminhada ao Hospital, para passar por procedimentos médicos que inclui a ingestão de um coquetel de remédios contra doenças sexualmente transmissíveis.

Informações oficiais da polícia dão conta que o menor pedófilo estuprador, que cometeu o infração análogo ao crime de estupro de vulnerável, foi liberado da delegacia na presença da sua genitora antes da meia noite deste sábado (24/01/2015).

Fonte:www.elitenoticiasblog.com.br/products/menor-estupra-e-agride-criança-de-5-anos-em-povoado-de-conquista/

Criança de 5 anos é estuprada pelo irmão de 15

Menina de cinco anos é estuprada pelo próprio irmão de quinze anos em VG (Várzea Grande). A mãe da criança disse que anteriormente já havia desconfiado que o enteado pedófilo tivesse abusado sexualmente da filha.

Uma menina de apenas cinco anos teria sido estuprada pelo próprio irmão, de quinze anos, em Várzea Grande, na sexta-feira (26/12/2014) no Bairro Santa Terezinha.

Criança de 5 anos é estuprada pelo irmão de 15

Menina de 5 anos é estuprada pelo irmão de 15

Conforme informações da PM (Polícia Militar), a criança estava sob os cuidados de uma irmã de treze anos, quando acabou sendo deixada por poucos minutos sozinha com o adolescente pedófilo estuprador.

A denúncia foi feita pela mãe da criança, que é madrasta do jovem pedófilo. De acordo com a mãe, uma ligação da irmã adolescente informava que o irmão pedófilo tinha estuprado a criança, encontrada ensanguentada. A jovem adolescente então perguntou à irmã o que tinha acontecido e ela apontou o irmão de 15 anos como culpado de estupro de vulnerável.

A criança foi levada junto com a sua mãe até o Pronto-Socorro Municipal de Várzea Grande para atendimento médico, mas, não havia ginecologista no hospital, como consta no B.O. (Boletim de Ocorrência).

Perguntado sobre o crime, o rapaz confessou que, de fato, tinha estuprado a irmã e que essa não tinha sido a primeira vez que tinha feito isso. Ele foi levado para a Central de Flagrantes e pode responder por infração análoga ao crime de estupro de vulnerável.

A mãe da menina disse que anteriormente já havia desconfiado que o enteado tivesse abusado da filha.

Fonte:www.reportermt.com.br/policia/crianca-de-5-anos-e-estuprada-pelo-proprio-irmao-de-15-anos-em-vg/41993