Adolescente de 13 anos estupra vigilante de 36

Adolescente de treze anos de idade estupra uma vigilante de trinta e seis anos de idade.

Adolescente de 13 anos estupra vigilante, uma mulher de 36.

Adolescente de 13 anos estupra vigilante, uma mulher de 36.

Um adolescente estuprador de 13 anos de idade invadiu uma escola municipal e estuprou uma uma mulher que é vigilante do lugar, no município de Feira de Santana, localizado a 108 km de Salvador. O garoto pulou o muro do colégio para roubar e, ao notar que a vítima estava sozinha, realizou o abuso sexual. A vigilante, uma mulher de 36 anos, foi levada para uma unidade hospitalar e o adolescente criminoso está custodiado em uma casa de acolhimento para menores de idade.

Anúncios

Pedófilo estupra primo de 8 anos de idade.

Pedófilo estupra primo de oito anos de idadeAdolescente pedófilo exibe vídeo pornográfico para o primo de oito anos para estuprá-lo.
O estuprador tem quinze anos e confessou o crime; os dois ficaram trancados juntos em um quarto; a vítima passou sabão no ânus e mordeu um tecido para suportar a dor da penetração anal.

Vista de Betim MG

Vista de Betim MG (Minas Gerais)

Um menino de 8 anos foi estuprado pelo primo de 15 anos, depois que os dois ficaram trancados num quarto jogando vídeo game, na tarde dessa quinta-feira (09/10/2014), em Betim, na região metropolitana de Belo Horizonte. A avó dos garotos foi quem fez a denúncia à PM (Polícia Militar) e o adolescente estuprador foi apreendido.

De acordo com a avó, a criança lhe contou que estava na casa do seu primo pedófilo, na rua Antônio Osvaldo Menezes, no bairro Parque das Indústrias, e que os dois ficaram em um quarto jogando vídeo game. Em um dado momento, o menino saiu do quarto nervoso e tremendo, dizendo que o seu primo lhe mostrou vídeos pornográficos no celular e depois pediu para que ele abaixasse a calça, passasse sabão no ânus e mordesse um pedaço de tecido “para não sentir dor”. Feito isso, o adolescente pedófilo realizou penetração anal na criança.

O adolescente pedófilo foi localizado e confessou o estupro de vulnerável. Ele foi encaminhado junto com o pai à delegacia. A criança estuprada foi levada para o Hospital Regional de Betim, onde passou por exames.